30 de mai de 2008

CAMPANHA PÓS-GRADUAÇÃO - UNIVILLE

Desenvolvimento da identidade visual da campanha Pós-Graduação -2008.
As peças criadas fazem uma abordagem com as mudanças no cenário de nossa sociedade.
Para acompanhar tais mudanças é necessário muito preparo.
A campanha foi composta por inúmeras peças gráficas e digitais.

29 de mai de 2008

COMUNICAÇÃO CORPORAL

26 de mai de 2008

13 MEGA-TENDÊNCIAS DO MARKETING PARA INSTITUIÇÕES DE ENSINO

Dois cenários amadurecem concomitantemente. Em paralelo o Setor Educacional, com sua consolidação, passa a demandar soluções de gestão mais precisas. Ao mesmo tempo a disciplina de Marketing, com as novas tecnologias da informação e comunicação e o fortalecimento do consumidor, passa a desenvolver soluções de gestão mais eficazes e precisas. De um lado cria-se uma necessidade, de outro evoluem as respostas.

Falar de tendências de Marketing educacional é falar das tendências de Marketing como um todo. Ainda que mega tendências como o Trade Marketing e Design não necessariamente precisam figurar nesse rol de estratégias on demand para faculdade e universidades.

A disciplina do Marketing muda diariamente na sociedade do conhecimento. Com o incremento de novas ferramentas "revoluções por minuto" ocorrem nos canais e no delivery da comunicação. Contudo poucas são as mudanças na mensagem. O aumento do "poder dos consumidores", que deixaram de ser agentes passivos e tornaram-se ativos na decisão sobre produtos e serviços exige, inclusive, a customização ou personalização de valores, atributos e benefícios.

Essa exigência vem obrigando instituições a repensar o conteúdo de suas mensagens e a forma como ele é repassado ao seu mercado e em novas maneiras de se relacionar com seus clientes. Algumas das 13 mega tendências para o futuro do Marketing Educacional, já fazem parte da história antiga de outros setores. Mas em um universo no qual mais de 1000 instituições tem menos de 10 anos de operação, somente agora muitas despertam para necessidades -  aparentemente lógicas - como "Mensurar Resultados", "Relacionar-se com seus Clientes" e comercializar seus produtos por meio de "Departamentos de Vendas".

1. Parametrização e Mensuração de Resultados
Com o advento dos softwares de gestão de WEB Sites (o Analitycs mais especificamente) e a profissionalização das operações de contact center, tangibilizar os resultados das estratégias de Marketing com números, ponto de equilíbrio, retorno sobre o investimento e pay back, são fundamentais para novos projetos e para as campanhas de processo seletivo. Os gestores das operações de Marketing precisam, ainda, realizar o chamado Marketing científico fazendo uso de dados (extraídos do Sistema de Inteligência de Marketing) para fundamentar todas as ações que sugerirem. 

2. Sistema de Inteligência de Marketing
O S.I.M. possui diversos nomes. Sistema de "Informações" ou de "Inteligência", de "Marketing" ou de "Mercado". Chame-o como achar mais adequado. O importante é ter um Banco de Dados a uma cultura de cadastrar novas informações, sistematicamente, e processá-las de forma a encontrar oportunidades e ameaças, seus pontos fortes e fracos e utilizá-los de forma inteligente para nortear suas estratégias.

3. Search Engine Optimization (S.E.O.)
Posicionar-se na página inicial dos mecanismos de busca (do Google mais especificamente em função da sua grande participação nesse mercado), é um imperativo para as operações hoje. Muitas instituições se sentem protegidas pelo fato de que – ao buscar por seu nome – encontrarem-se nas primeiras posições nos resultados. As IES precisam saber quais as palavras mais importantes para o seu negócio e garantir sua presença nos resultados das buscas por essas palavras. Os futuros clientes chegam as paginas das instituições, muito mais por meio de palavras como "Vestibular" e "Processo Seletivo", do que digitando o nome das IES. Seja pagando os chamados links patrocinados, seja figurando nas chamadas buscas orgânicas ou algorítmicas o importante é fazer-se presente. Em função dessa obrigatoriedade do marketing moderno, a Otimização dos Mecanismos de Busca (Search Engine Optimization, ou S.E.O.) surge como uma técnica essencial e uma das principais tendências para o setor.

4. Comunidades
Há 4 anos o Orkut surgiu no Brasil e hoje é o site mais acessado na Internet Brasileira. O Orkut foi uma tendência na qual nosso país foi precursor. Atualmente as comunidades on-line explodem por todos os continentes. O ser humano sempre procurou encontrar pessoas. Por meio desses softwares os usuário da WEB se relacionam com seus congêneres e as Instituições de Ensino com seus clientes atuais e potenciais.

5. Vendas
Cabe lembrar que segundo Phlilip Kotler (o principal pensador do Marketing Moderno), Marketing objetiva tornar o processo de vendas supérfluo. Dessa forma os custos de venda (com vendedores no sentido clássico da palavra), seriam reduzidos, posto que os produtos corretos seriam oferecidos aos clientes corretos. Como esse não é o caso do setor educacional (onde produtos commoditizados são ofertados igualmente para públicos indistintos) o desenvolvimento de equipes de vendas e departamentos comerciais aparece como uma tendência e uma importantes estratégia para o futuro do setor. 
 
6. Marketing Promocional
Eventos, feiras e convenções sempre fizeram para do dia a dia das Instituições. A organização dessas atividades, contudo, deixa a desejar na maioria das IES. A questão é que esses eventos são descentralizados, tem um foco interno e são mal administrados pela maioria das empresas do setor educacional. A experimentação é uma oportunidade para as Faculdades mostrarem-se aos seus potenciais alunos. Em uma era de test drives, fun tours, degustações e previews é natural que as Instituições façam uso desses acontecimentos para captar alunos. No exterior os Campus Open Day, já são uma tradição. No Brasil começamos a organizar o Marketing Promocional para IES.

7. Marketing Viral
A "recomendação" sempre figurou, nas pesquisas sócio educacionais, entre as principais razões pelas  quais os estudantes optam por uma faculdade em detrimento de outra. Esse fenômeno recentemente ganhou nome: marketing viral, endêmico ou buzz marketing. Controlar os processos de comunicação "boca a boca" é possível e recomendável, e as instituições podem desenhar dezenas de ações paralelas de forma a tornar seus alunos agentes de prospecção de colegas.

8. Marketing de Relacionamento
Ferramentas de CRM já estão presentes em muitas empresas do setor. Relacionar-se de forma eficaz com seus alunos já demonstrou ser oportuno para o desenvolvimento de novas soluções educacionais, retenção e fidelização de clientes. O relacionamento pode se dar por meio de eventos, contact center, ouvidorias. Mais que ações especificas, o Marketing de Relacionamento deve ser um eixo transversal perpassando todas as demais estratégias da Instituição. Uma filosofia e uma vocação antes de um roteiro de ações cartesiano.

9. Mobile Marketing
O numero de celulares cresceu 21% em 2007 e chegou a 120 milhões em nosso país, agora, no início de 2008. Esse instrumento vêm sendo amplamente utilizado no exterior pelas Instituições de Ensino Superior Privadas para avisos de última hora, envio de informações acadêmicas etc. Possui inúmeras vantagens sobre os e-mails (impacto em tempo real, maior cobertura, etc), e a desvantagem de ter menos recursos imagéticos e limitação no tamanho da mensagem. Em todo caso é o canal do futuro para determinadas mensagens e uma poderosa ferramenta já disponível as instituições dispostas a inovar e posicionar-se por meio do uso de novas tecnologias.

10. Branded Content
O conteúdo editorial surge como uma tendência para o Marketing, fundamental para as Instituições de Ensino. Das novas tendências essa é a única relativa a mensagem (e não aos canais e estratégias). A necessidade de repensar o que comunicar e buscar qualificadores e conteúdos de relevância ao consumidor é muito importante, em função do aumento do poder de decisão e da exigência do mercado. Instituições com autoridade para falar sobre determinados assuntos (o que é o caso das IES) irão figurar cada vez mais nos holofotes da imprensa e da mídia, discutindo, apresentando e posicionando-se como referencias em suas áreas. O Marketing de Conteúdo é uma modernização dos antigos "informes publicitários", e a Faculdade pode buscar canais variados como a mídia impressa, a internet e – no futuro – a TV Digital.

11. Marketing Direto
A parametrização é uma tendência e – nesse sentido – o Marketing Direto figura como uma importante ação pela possibilidade de mensuração de resultados. Está alinhado a grande parte das demais tendências. Em uma era de customização e personalização de produtos, serviços e mensagens estratificar sua base de clientes em seus perfis diversos e comunicar com pertinência torna-se cada vez mais necessário. Marketing Direto é portanto sobre "Comunidades" e "Mobile Marketing" e um eixo transversal tão importante quanto o "Marketing de Relacionamento".

12. Marketing Social
Chega a ser irônico ler sobre a importância da Responsabilidade Sócio-Ambiental na gestão de empresas de setores diversos, e observar Instituições de Ensino Superior realizando centenas de atendimentos a comunidade de forma pouco sistematizada e estruturada – e muitas vezes deixando de comunicar essas ações a sociedade. É importante para a governança corporativa que as organizações compreendam seu papel no desenvolvimento e equilíbrio de suas comunidades e assumam funções nesse sentido. As Instituições de Ensino Superior privadas devem surgir como catalizadoras das diversas forças regionais em prol do coletivo. E posicionar-se dessa forma. 

13. Marketing Acadêmico (design do serviço)
Pouco se fala de Marketing Acadêmico. Em última análise tudo (posicionamento, resultados e valor de marca) resulta das relações que ocorrem em sala de aula e da satisfação (surpresa e encantamento) dos alunos. Ter uma orientação de Marketing, desde a concepção de novos cursos até a composição do corpo docente (contratação e demissão de professores) é fundamental para a retenção de alunos. Cada aula é um momento mágico, e uma oportunidade única para Branded Contend, Marketing de Relacionamento, Marketing Viral etc. Observar o marketing e alinhá-lo a prestação do serviço, talvez seja a mais importante tendência e decisão que uma IES pode tomar para tornar-se competitiva nessa nova era do marketing educacional.

Fonte:

Mundo do Marketing: Publicado em 15/5/2008  /  Rafael Villas Boas é jornalista com MBA em Marketing pela FGV, Consultor da Hoper Consultoria e Responsável pela Área de Atendimento da Educa Comunicação Educacional. E-mail: rafa_villas_boas@hotmail.com

24 de mai de 2008

O QUE UM GORILA TEM A VER COM CHOCOLATE?

‘A Glass and a half full of Joy’ (Um copo e meio cheio de alegria)




Imagine este comercial de um minuto e meio passando no intervalo da final do Big Brother. Nele um gorila se prepara para um solo de bateria ouvindo um clássico de Phil Collins. 90 segundos. 9 milhões de libras. Foi isso que a Fallon fez para anunciar o chocolate Cadbury Dairy Milk, no Reino Unido.

Se por um lado a estrela do comercial é o “peludão” e não o produto, por outro o inusitado chama atenção provocando aquele famoso comentário no outro dia: “viu aquele comercial do chocolate?”. Ou seria do Gorila? Tanto faz! Com tanta gente comentando é natural que boa parte das pessoas vá procurar esse tão falado comercial. E claro que na internet rapidamente vai achar. É o que está acontecendo. Vários blogs já comentam e geram discussão. No You Tube o vídeo já está disponível. E também na página do Chocolate.

Nos comentários um miste de indagações, críticas, dúvidas e elogios. O que ninguém percebe é que fisgaram a isca. Estão comentando o comercial do chocolate. Pronto, o objetivo foi cumprido.

Acho que a grande sacada foi gerar todo esse boca-a-boca. Talvez seja uma nova forma de anunciar um produto. Um vídeo non-sense que cause impacto e o resto deixa por conta do público. A internet está aí pra ajudar. É só notar que muitos dos vídeos engraçados que você recebe por email são comerciais de TV.

Fonte: simviral.com / Autor: Rafael Ziggy

16 de mai de 2008

CENTRAL DE CASES - ESPM

A Central de Cases ESPM tem como objetivo promover o método do caso como uma ferramenta de ensino e aprendizado nos cursos de graduação e pós-graduação da Escola, com casos apropriados para cada nível e para cada disciplina.

Desde 1999, a área reúne os mais variados casos sobre estratégias empresariais. São histórias compiladas por professores e pesquisadores da ESPM que colocam o estudante em contato com os desafios enfrentados pelas empresas nas áreas de administração, marketing, comunicação, design e relações internacionais, recriando e antecipando os principais problemas vividos por executivos no dia-a-dia profissional.

Fonte: Central de Cases ESPM
E-mail: centraldecases@espm.br
Telefone: (11) 5085-4625

Acesse o site AQUI!

12 de mai de 2008

RTZ2 - O blog das dicas preciosas

Este é o Blog do professor Raphael Schmitz, vulgo PH.
O PH é Designer Gráfico e Pós-Graduado em Marketing Estratégico e Geração de Negócios. É também Ilustrador e guitarrista da banda Pussy Gato.
O trabalho do cara é muito bom, no Blog sempre tem novidades e dicas para facilitar nossa vida, vale conferir!

Endereço do blog: www.rtz2.blogspot.com

6 de mai de 2008

COMPOSIÇÃO GRÁFICA DE CARTAZES

http://www.bobstaake.com/posters/conga.html

http://www.worth1000.com:80/contest.asp?contest_id=18731&display=photoshop

REDESIGN DA MARCA GLOBO

“Nós estamos numa época nova, os tempos mudam e os telespectadores querem impacto. Então vamos renovar o visual, botar para quebrar”, disse o designer, antes de mostrar a esfera que é marca da emissora. “Foi a bola que fez eu me apaixonar pelo país e que me fez vir para o Brasil. Eu jamais poderia imaginar que ela seria o sol da minha vida, tão radiante”



Assista ao vídeo:

Nike - Take it to the next level

5 de mai de 2008

MÁQUINA DE LOGOTIPO VOADOR

MUDANÇAS ESTÃO OCORRENDO

Como fazer frente as mudanças em nossa sociedade? A comunicação, a web, os relacionamentos enfim o comportamento humano. De que forma se preparar para novas realidades? Como se atualizar sobre os mais diversos conteúdos?

Neste blog reuni vários posts sobre o assunto pesquise, reflita, prepare-se!

COMO UTILIZAR A WEB 2.0?

Encontrei um site que publica vídeos demonstrativos um verdadeiro achado. Os vídeos da Common Craft, dirigidos por Lee LeFever explicam de uma maneira muito simples e didática o funcionamento de diversas ferramentas da web2.0.

Web 2.0 refere-se a toda essa geração de serviços e ferramentas online que utilizam você como peça-chave para o funcionamento. Ou seja, eles só funcionam com a sua colaboração. É o que você vê no You Tube, Orkut, Flickr, Fotolog, Blogs, Delicious e por aí vai.

Abaixo uma compilação com os melhores vídeos para você não ter mais nenhuma dúvida com relação a isso. Mesmo se você já sabe os conceitos de cada um, vale a pena ver pela maneira didática que ele explica. Vai facilitar bastante para você explicar para um amigo o que é twitter, blogs, rss e etc.


Podcasting


Blogs


RSS


Wikis


Social Networking


Social Bookmarking


Twitter


Google Docs

NÃO SEJA UM BANANA QUALQUER

A ERA DO VÍDEO GAME

A História do Vídeo Game e o impacto que ele causou em nossa sociedade em 5 capítulos, totalizando 28 vídeos.