18 de fev de 2009

Cartazes Tipográficos

ilustração, feitas pela agência Contrapunto BBDO de Barcelona, Espanha, para divulgar o curso de tipografia realizado pela Complot Creativity School.






(Y)
Tipografia Se não existisse a cuidar de cartas, um dia Y, afogamento em solidão tanto tempo para caminhar lado a lado com ninguém, ia começar a falar para si até que foi surpreendido fora de insanidade temporária, de modo Yakarta (Jakarta) seria desaparecer e milhões de indonésios seriam refugiados sem terra ou nome. Tipografia Se não existisse um cuidar de cartas, um dia Y, afogamento em solidão tanto tempo para caminhar Lado a Lado com ninguém, ia começar uma falar para si até que foi surpreendido fora de insanidade temporária, de modo Yakarta (Jakarta) seria desaparecer e milhões de indonésios seriam refugiados sem terra ou nome.
Tipografia curso. Tipografia curso. Mais importante em sua vida que você pode imaginar. Mais importante em sua vida que você pode imaginar. Inscrições abertas. Inscrições abertas.
Complot Criatividade Escola. Complot Criatividade Escola.

(D)

Tipografia Se não existisse a cuidar de cartas, um dia D iria ficar deprimido sobre sua enorme barriga e ia matar ela própria, de modo que não seria possível para escrever a palavra Dios (Deus), toda a gente iria perder a sua fé, a terra seria cobrado o sujas pecados e, finalmente, a humanidade seria punido com o apocalipse. Tipografia Se não existisse um cuidar de cartas, um dia D iria ficar deprimido sobre sua enorme barriga e ia Matar ela própria, de modo que não seria possível para escrever uma palavra Dios (Deus), toda a gente iria perder a sua fé, uma Terra seria cobrado o sujas pecados e, finalmente, a humanidade seria punido com o Apocalipse.
Tipografia curso. Tipografia curso. Mais importante em sua vida que você pode imaginar. Mais importante em sua vida que você pode imaginar. Inscrições abertas. Inscrições abertas.
Complot Criatividade Escola. Complot Criatividade Escola.



Advertising Agency: Contrapunto BBDO, Barcelona, Espanha Advertising Agency: Contrapunto BBDO, de Barcelona, Espanha
Creative Director: Tomas Oliva, Carlos de Javier Creative Director: Tomas Oliva, Carlos de Javier
Direção de Arte: Lucas Jatobá Direção de Arte: Lucas Jatobá
Copywriter: Emma Piquer copywriter: Emma Piquer
Ilustrador: Serge Seidlitz (H), Diego Medina (D), abra a porta (Y) Ilustrador: Serge Seidlitz (H), Diego Medina (D), abra a porta (Y)

Animação Radical - Stop Motion



As trocas entre design e esportes radicais rendem um novo campo de comunicação, uma forma simples de animação: stop-motion

Fonte da Matéria: video.globo.com

Bruno Porto e o desenvolvimento do design chinês



Eduardo Grillo conversou com o professor Bruno Porto, brasileiro que há dois anos se mudou para Xangai, na China, para dar aulas e acompanhar o desenvolvimento do design chinês.

Fonte: video.globo.com

Área de design revela potencial empreendedor em evento no Rio



Exposição funciona como vitrine internacional para talentos brasileiros. Seminários estimulam oportunidades de negócios no setor.

Fonte da matéria: video.globo.com

Uma entrevista com o designer Karin Rachid



Um mundo colorido e confortável. Karin Rachid, o mais importante designer da atualidade, vive em busca da forma perfeita para agradar os olhos, o corpo e as empresas que o contratam.

Fonte da matéria: video.globo.com

Brinquedo de papel é coisa de criança?



Fonte da matéria: video.globo.com

A valorização do design na criação de produtos



Design é uma ferramenta para valorizar a marca e seduzir o consumidor. Veja uma fábrica da Dinamarca que apostou pesado na forma dos seus produtos para ser a vanguarda do setor de áudio e vídeo.

Fonte da matéria: video.globo.com

Design influencia na hora da compra



O design e os negócios! Para conquistar e fidelizar consumidores o design dos produtos é fundamental. Agora as pequenas empresas também descobriram a importância de investir no visual da marca e das embalagens. Conheça um escritório que oferece atendimento especial aos pequenos empresários. Veja só!

O empresário Mário Pallares descobriu um filão. Ele desenvolve o design de embalagens, produtos e marcas para empresas. Há 5 anos, Mário montou um escritório e percebeu que fazer design para pequenas empresas é um bom negócio.

Os pequenos empresários a gente vai muito além do desenho. A gente trabalha como orientador na escolha dos fornecedores, no desenvolvimento de processos, no controle de qualidade, ou seja, do início do projeto até a implementação do mesmo.

Um projeto de design custa a partir de R$ 10 mil. O empresário investiu 400 mil reais para abrir o escritório. Em um ano, ele recuperou o dinheiro e hoje, a empresa cresce 30% ao ano.

No projeto de design é definido o conceito da marca e o público que vai comprar o produto. A embalagem também é fundamental para o sucesso do negócio. Ela precisa ser uma espécie de coringa: moderna, atraente e ao mesmo tempo explicativa. Em muitas delas, o cliente pode conhecer outros produtos da empresa e assim divulgar ainda mais a marca.

Para criar o design das embalagens, a empresa analisa os produtos concorrentes. A intenção é desenvolver uma embalagem que se destaque nas prateleiras do supermercado seja pela cor, pelo formato, pelos desenhos. O importante é atrair o consumidor.

“Você uma embalagem que te chame atenção e você vai ver o que é,” disse a cliente Westeffany Torres.

Um dos clientes do empresário Mario Pallares é uma fábrica de doces sem adição de açúcar. A dona do negócio, Marta Gaia, diz que os produtos sempre foram considerados saborosos, mas vendiam pouco por causa da embalagem.

“Entra depois o nosso principal cliente tinha parado de comprar literalmente. Eles inclusive falaram que com a embalagem antiga eles não queriam na gôndola dele,” diz Marta.

A solução para salvar a fábrica da falência foi mudar o visual das embalagens. Hoje, elas são mais modernas. A marca da empresa ganhou destaque e cada sabor tem uma cor diferente.

Antes, a fábrica produzia 1 tonelada de doces por mês. Agora, são 3 toneladas. E o número de clientes aumentou 40%.

“Os meus clientes estão muito mais satisfeitos. Muitas vezes eu não preciso nem vender. Eles compram. O supermercado liga pedindo. Então, está muito mais fácil trabalhar”, revela Marta.

O projeto de design custou para a fábrica de doces R$ 47 mil. Em um ano, Marta Gaia recuperou o dinheiro e investiu mais 20 mil reais nesta máquina de embalagens.

Desenvolver uma nova imagem para a empresa não é caro porque isso assegura a existência da empresa. Então, é um investimento que vale a pena. Com certeza.

O empresário Lars Reibel tem duas fábricas de produtos para pet shops: uma na Paraíba e outra em Porto Alegre. Para valorizar a marca, há cinco anos, ele contratou o escritório de design para dar novo visual aos produtos.

“Nós acreditamos que o design é a principal ferramenta de comunicação para uma empresa de pequeno ou médio porte e que não dispõe de recursos para investir em outras áreas,” disse o empresário.

Há 2 anos, a empresa investiu numa linha de cosméticos para cães e gatos. O design das embalagens agradou os clientes.

“Você pega no produto. Às vezes ele é fácil de manusear. Isso também é importante porque você está ali lavando o bichinho, então, tem que ser uma coisa fácil de você estar segurando, que não caia da sua mão e a beleza também é muito importante,” diz a cliente Ana Paula Pereira.

.
“A embalagem precisa ter explicações claras sobre nutrientes, proteínas. O que ela pode oferecer ao animal. A embalagem eu acho que é importantíssima nessa hora. Para te chamar atenção sobre tudo de bom que ela deve oferecer para o seu animalzinho”, diz a cliente Adriana Lopes.

A empresa cresceu. Novos produtos foram lançados e as vendas aumentaram.

“Quando nós desenhamos a embalagem, nós éramos uma pequena empresa e tínhamos na época 3 produtos. Hoje, temos em torno de 100 produtos e somos considerados uma empresa de médio porte,” conta o empresário Lars reibel.

Hoje, são vendidos por mês 1 milhão e meio de produtos, para mais de cem empresas no Brasil.

“Corta antes a embalagem constrói o relacionamento entre o usuário e a marca pela sua funcionalidade, pelas suas informações, pelo tom da comunicação que ela traz consigo,” conta o empresário Mario pallares.

Fonte da matéria: pegntv.globo.com

5 de fev de 2009

AVALIAÇÃO DE MARCAS

Nosso colega Daniel Campos fez a indicação dessa postagem já traduzida de um artigo do Designer Bill Gardner sobre tendências e a avaliação de alguns estilos de marcas.
Muito interessante, o artigo original está em no site do Designer logolounge.com

Para ver o artigo traduzido clique AQUI!

Obrigado Daniel!